De acordo com a Global Footprint Network (GFN), todos os recursos ambientais do planeta para suprir as necessidades da humanidade em 2018 estão se esgotando hoje. Ou seja, em 212 dias, consumimos um ano de comida, água, fibra, terra e madeira.

Atingimos assim, no dia 1° de agosto de 2018, o Earth Overshoot Day – ou Dia da Sobrecarga da Terra. A data mais precoce desde que estouramos nosso orçamento ambiental pela primeira vez na década 70.

A população global está consumindo 1,7 vezes mais rápido os recursos que os ecossistemas podem regenerar.

Temos um único planeta, mas é como se estivéssemos consumindo o equivalente a 1,7 Terras.

A Global Footprint Network calcula o Dia da Sobrecarga da Terra todos os anos usando o cálculo de Pegada Ecológica, que inclui todas as diferentes demandas sobre a natureza, como a de alimentos, madeira e fibras (algodão); absorção de emissões de carbono da queima de combustíveis fósseis; além de construções, estradas e demais infraestruturas.

Os custos desse excesso estão se tornando cada vez mais evidentes em todo o planeta, manifestando-se em desmatamentos, secas, escassez de água potável, erosão do solo, perda de biodiversidade e o acúmulo de dióxido de carbono na atmosfera.

No Brasil, o Dia da Sobrecarga da Terra chegou ainda mais cedo. Se todos os habitantes do mundo tivessem o mesmo estilo de vida que o da nossa média nacional, o estoque anual da Terra teria chegado ao fim em 19 de julho e terminaríamos o ano consumindo 1,8 planeta, como mostra a ilustração abaixo.

“O Dia da Sobrecarga da Terra pode não apresentar diferenças em relação a ontem – você ainda tem a mesma comida em sua geladeira”, diz Mathis Wackernagel, CEO da Global Footprint Network e co-criador da Pegada Ecológica. “Mas, os incêndios estão ocorrendo no oeste dos Estados Unidos. Do outro lado do mundo, os moradores da Cidade do Cabo tiveram que reduzir pela metade o consumo de água desde 2015. Essas são consequências de estourar o orçamento ecológico do nosso único planeta”.

#MoveTheDate

Com a intenção de sensibilizar a opinião pública global e reduzir seu impacto, adiando esta data cada vez mais pra frente, várias atividades estão em andamento em todo o mundo.

Viver vidas dentro dos meios do nosso planeta não está fora de alcance. Existem muitas soluções em quatro áreas principais para melhorar a sustentabilidade: alimentação, cidades, população e energia.

Por exemplo: se 50% do consumo de carne for substituído por uma dieta vegetariana, a data é adiada em 5 dias; já uma redução de 50% do componente do carbono na Pegada Ecológica moveria a data em 93 dias.

A Global Footprint Network está convidando pessoas a participar do Dia da Sobrecarga da Terra, determinando seu próprio Dia Pessoal de Sobrecarga e sua Pegada Ecológica em www.footprintcalculator.org e fazendo um passo para #MudarAData ou #MoveTheDate em www.overshootday.org/steps-to-movethedate.

Nosso planeta é finito, nossos recursos são finitos. Mas nós podemos mudar a data.


Fonte:

http://www.footprintcalculator.org/

https://www.overshootday.org/steps-to-movethedate/

Deixe um comentário usando o Facebook