PROJETO – RIO CLIMA

Criado como evento paralelo à Conferência Rio + 20, em junho de 2012, o Rio Clima/The Rio Climate Challenge, hoje, faz parte do calendário do Rio de Janeiro, como encontro internacional para debater temas pertinentes às mudanças climáticas.

2012 – Foi realizado no Centro de Convenções da Firjan e no Forte Copacabana, debateu as mudanças climáticas em três eixos principais: Mitigação, Financiamento da Economia de Baixo Carbono e Adaptação. 

Cerca de 80 especialistas internacionais e brasileiros, dentre cientistas, ativistas, parlamentares e representantes institucionais elaboraram, como resultado final, dois documentos:

1) Recomendações à Rio+20

2) Recomendações à UNFCC, entregue à secretária executiva Christiana Figueres e a diversas delegações internacionais. 

Público: mil inscritos participando presencialmente e mais de oito mil assistindo pela TV internet da FIRJAN e três milhões de visitas no hot site do evento.  

2013 – Nesta edição, o encontro aprofundou recomendações visando promover a transição rumo a uma “economia verde”, concentrando-se nos três elementos-chave da transição para uma economia de baixo carbono:

 

1 – A eliminação dos subsídios para combustíveis fósseis e uma reforma tributária do baixo carbono;

2 – O estabelecimento de uma nova ordem econômica mundial: um “New Deal” verde?

3 – A revisão do PIB como indicador-mor da economia, o desenvolvimento de indicadores apropriados para o desempenho econômico, bem-estar social e crescimento sustentável.